BEDA #12 - Peeling de diamante

 Oi gente! Tudo bem? Hoje vou falar sobre o peeling de diamante: Tratamento estético ameniza rugas, manchas e estrias. 
 Resultado de imagem para peeling de diamante
O que é peeling de diamante 
peeling  de diamante é um tratamento estético que faz uma esfoliação profunda da pele, retirando as células mortas da camada mais superficial, sendo muito eficiente para retirar as manchas e combater as rugas porque estimula a produção de colágeno e elastina, que são fundamentais para manter a pele firme e uniforme.
O método consiste em uma microdermoabrasão superficial, onde é usada uma ponteira de diamante que desliza sobre a pele promovendo uma esfoliação. O principal objetivo é refazer a superfície da pele, reduzindo as rugas finas e diminuindo os poros que estão dilatados. O tratamento age de maneira suave e progressiva, podendo ser usado em todos os tipos de pele, inclusive nas morenas e bronzeadas.
Quem não deve fazer
O peeling de diamante é contraindicado quando a pele está muito sensível, inflamada e também em caso de acne graus II, III e IV. Nesses casos é preciso esperar até que a pele esteja bem cicatrizada para receber o tratamento. 

Quais os resultados do peeling de diamante?

O tratamento é menos agressivo do que alguns tipos de peeling que utilizam substâncias químicas, por isso pode ser feito em todos os tipos de pele. É indicado para clarear manchas na pele, tratar a flacidez e as estrias. Ajuda e eliminar as estrias vermelhas, que ainda são recentes, mas também melhora bastante o aspecto das estrias brancas, que já são antigas.
O peeling de diamante é rejuvenescedor, pois refaz a superfície da pele, reduz as rugas finas e diminui os poros dilatados. Além de melhorar a textura e o brilho da pele, ele ainda diminui a oleosidade e estimula a formação de colágeno, devolvendo a elasticidade da pele. A esfoliação com diamante remove as células mortas e impurezas da pele, melhorando a acne e removendo os cravos.
Peeling-de-Diamante

Quando é indicado

É indicado no tratamento de estrias, podendo ser mais ou menos agressivo. Ajuda na regeneração da pele e na remoção de células mortas. Melhora a circulação local deixando a região mais nutrida.  É também indicado para o tratamento de “bolinhas dos braços”, ou queratose pilar

Riscos e efeitos colaterais

O peeling de diamante já é um método muito utilizado. Ele é um dos preferidos entre homens e mulheres devido ao caráter pouco agressivo e por não deixar efeitos colaterais.
Como em todos os procedimentos médicos os riscos não estão excluídos. Cada pessoa responde de uma forma aos métodos e a resposta varia de acordo com os organismos. É possível, por exemplo, que ocorram infecções ou sangramentos. Estas situações são, entretanto, bastante difíceis de acontecer.
Logo após o término da sessão a pele pode ficar um pouco vermelha. A vermelhidão tende a desaparecer após cerca de 24 horas. Já no dia seguinte nota-se um brilho e uma maior leveza na região. Não há descamação e nem dores após o processo. As machas são clareadas e as marcas amenizadas. De modo geral não existem contraindicações nem efeitos colaterais. Pode ser realizado em qualquer tipo de pele. 
Espero que tenham entendido bem, e se tiverem alguma duvida, é só me perguntarem! 

Postagens mais visitadas deste blog

Clarear o cabelo com violeta genciana!

Testei: Mascara Plastica Reconstrutora Novex

Esponja de bexiga